Capa Site Capa Estado
 Estado

Divulgado resultado final do Concurso do Quadro Geral do Tocantins; clique aqui e confira

12/11/12 17h20

Da Redação

A AOCP divulgou nesta segunda-feira, 12, o resultado final do concurso do Quadro Geral do Estado. As provas aconteceram entre o final do mês de agosto e início do mês de setembro. No dia 20 de dezembro está prevista a publicação do Ato de Homologação do Resultado Final.

O concurso ofereceu 6.352 vagas em todo o Estado. Desse número, 4.503 terão posse imediata. Para o nível superior, foram oferecidas 1.330 vagas, 2.470 para nível médio, 713 para ensino fundamental. As 1.839 vagas restantes irão compor o quadro reserva. As vagas estão distribuídas em 123 cargos diferentes.

Comunicado

Edital nº 017/2012 - Resultado e Classificação dos Candidatos 

Resultado e Classificação - Nível Fundamental 

Resultado e Classificação - Nível Médio 

Resultado e Classificação - Nível Técnico 

Resultado e Classificação - Nível Superior

Posse
Conforme o secretário da Administração Lúcio Mascarenhas explicou ao CT a partir de janeiro de 2013 dois fatores acontecerão simultaneamente no Tocantins: os contratos assinados por 24 meses não poderão ser renovados, como estipulado na Lei; e substituindo esses contratos temporários que foram encerrados, o governo dará posse aos concursados do Quadro Geral. No total, devem ser substituídos 5.874 contratos temporários por servidores efetivos.

“Não vamos pegar 4.513 pessoas para tomar posse imediatamente em 1º de janeiro. Conforme vai terminando os contratos temporários e nós vamos substituindo por esses concursados. Depois tem o cadastro de reserva para aquilo que for precisando depois”, disse o secretário.

Concurso cheio de erros
Essa é a segunda tentativa do Estado de fazer um concurso do quadro geral. A primeira tentativa ocorreu no governo Marcelo Miranda (PMDB), em 2009. Primeiramente, foi anunciado, em novembro de 2008, que a Fundação Unitins seria a responsável pelo concurso, com um total de 6.352 vagas. Depois, a Unitins subcontratou a Fundação Universa para a realização do Certame.

Inicialmente, a Unitins anunciou que a fundação tinha sido contratada, sem licitação, por R$ 445.120 para "elaboração de questões de múltipla escolha, formatação, confecção, impressão, empacotamento e endereçamento dos cadernos de provas no número exato de candidatos inscritos". Depois, com a publicação do extrato do contrato no Diário Oficial do Estado, descobriu-se que o valor era muito superior ao anunciado: R$ 1.370.051,20. Desse total, conforme o CT apurou, a Universa chegou a receber cerca de R$ 900 mil.

As provas foram realizadas no dia 15 de fevereiro de 2009, e as primeiras denúncias de erros surgiram no mesmo dia. Os cartões de respostas de algumas provas apresentam defeitos de confecção. Professores avaliaram provas do certame e disseram que o concurso apresentou erros nas questões elaboradas, que podiam ser alvo de recursos por parte dos candidatos. Ao todo, 1.394 pessoas protocolaram 6.827 recursos, entre os dias 18 e 19 de fevereiro.

Depois de uma série de erros na divulgação dos gabaritos e ações judiciais, o concurso foi suspenso pela Justiça e, por fim, cancelado em definitivo no início do atual governo, e 18 de fevereiro do ano passado.

Clique aqui e confira cronologia de erros

Comentários (76)

  • DANIEL LIMA | 12/11/12 18h01

    não entende não minha mulher feiz 66 ponto e não esta classifica enquanto tem gente que feiz 62 e esta como classifica se alguem sou pq me diga

  • Manoel Pereira de Santana | 12/11/12 18h13

    existem vários critérios que desclassificam independente da nota geral (pode ser conferido os critérios no link comunicado. O PNs geralmente possuem notas diferenciadas. Caso não se enquadre, não perca o período de recurso quanto ao resultado que se inicia a manhã e vai até a quarta. Vamos ficar espertos.

  • rogerio aparecido depinho | 12/11/12 18h28

    nao podemos deixar passar batido esse concurso podre que elimina candidatos aptos a tomar posse e so porque tem aqueles sujos comissionados nos eliminaram

  • rogerio aparecido depinho | 12/11/12 18h30

    nao e justo vamos entrar na justiça e requerer nossas vagas que os comissionados ainda tem

  • rogerio aparecido depinho | 12/11/12 18h31

    como podem eliminar candidatos que atingiram as notas e em alguns lugares nem aprovados tem como e o caso de fiscal agropecuario isso nao vai ficar assim

  • ALINE BRITO | 12/11/12 19h54

    Que beleza! O resultado do concurso só contemplou o número de vagas previstas no edital. E quanto aos demais classificados? Como uma banca pode eliminar um candidato que fez 70% do total de pontos e mais de 50% nas outras matérias?

  • Noemi Lourenço de A.Oliveira | 12/11/12 21h06

    Daniel, também não entendi, pois as notas notas dos últimos canditatos não estão de acordo com os critérios de desempate que consta no edital do concurso. Más podemos cobrar a transparência do mesmo, Todos os candidatos tem seu desempenho individual. VAMOS ESPERAR PARA VER, OU AGIR?

  • Janair Pereira | 12/11/12 21h22

    acho que teve alguma maracutaia, como pode uma pessoa ter 76 pontos e não ser classificada? está certo que não atingiu o número de vagas mas ser desclassificada é errado.

  • Maria Luisa | 12/11/12 21h52

    Coconcordo com o Daniel, meu amigo fez 66 pontos e não foi classificado, e algumas pessoas estão na lista com 58 pontos isso é o cúmulo do absurdo,porém não é novidade do governo SC.

  • matheus costa | 12/11/12 21h53

    concordo com vc Daniel, kd a transparencia do certame, minha filha teve nota 74 e não esta entre os classificados quem tirou 58 esta calssificado, analisei ela não reprovou em nada perante os criterios exigidos kd a credibilidade desse concurso.

  • ILDEONES AIRES | 12/11/12 22h12

    tem algo errado neste concurso.

  • Manoel Pereira de Santana | 12/11/12 22h20

    Cleber T, o secretário fez referencia de quando começam vencer o primeiros contratos e iniciarem de fato as nomeações?

  • Lucileia Cunha | 12/11/12 22h54

    Fiquei no cadastro reserva pra Contador. Senhor Governador Siqueira Campos, por favor, preciso desse emprego. Tão logo seja possível nos dê posse. Obrigada e Abraços!!!!!!!

  • João de Deus | 12/11/12 23h21

    Daniel Lima, verifique se ela zerou ou teve pontuação inferior à exigida. Espero, sinceramente, que o Governo chame logo em janeiro TODOS os aprovados dentro do número de vagas, e não venha com este papinho que o secretário de administração já esboçou, de que vai chamar aos poucos, à medida que os contratos vão vencendo!!! Isso será um absurdo, gente concursada preterida em nome de contratos. NOMEAÇÃO JÁ!

  • Marcos | 13/11/12 07h32

    Alguem sabe se se precisar de mais vagas vão chamar os demais candidatos?? Achei estranho esse negocio de colocar somente os candidatos que ficaram até a ultima vaga.

  • werbeth lima dias | 13/11/12 08h32

    Mais uma vez o governo fazendo manobra política.Entenda: se o concurso está previsto 6.352 vagas, sendo 4503 tomarão posse imediata e os demais ficarão como cadastro reserva,é inadmissível que um concurso de grande relevncia para o estado

  • werbeth lima dias | 13/11/12 08h41

    É inadmissível que um concurso de grande relevância para o estado não tenha classificáveis, pois a lista que saiu estão apenas os candidatos previstos na quantidade de vagas incluindo os cadastros reservas, que não poderiam fazer partes dessas vagas ou seja a função de cadastro reserva é preencher as vagas, caso alguém não assuma ou de acordo com a necessidade vigente, assim se o concurso for homologado somente com essa lista de candidatos não terá classificáveis para assumir possíveis lacunas.

  • werbeth lima dias | 13/11/12 08h48

    Cont. No concurso da educação e da saúde foram homologados a lista com candidatos a provados e os demais classificados, que na grande maioria foram convocados em cumprimento de lei, agora com essa manobra de não incluir os classificados fica mais fácil não é Sr. Secretário.

  • ECREDEVAL FERNANDES DE SOUZA | 13/11/12 08h49

    muitas pessoas dissera, muitas dirão e estão dizendo: "ESTE CONCURSO SERÁ, FOI E É UMA FRAUDE"

  • Seu Lunga | 13/11/12 09h22

    Um dos creitérios é que vc não é amigo do governador, esse concurso é fraude total...pegos no laço...fiz mais de 66 pontos tambem e por causa de briga política me excluiram...já esperava a atitude desse desgoverno...

  • ROBSON ANDRADE VENCESLAU | 13/11/12 11h33

    Muito estranho... vi canditado com nota zero em um conteudo e nota geral inferior à minha, ainda sim esta entre os classificados, e eu não.

  • lazaro teles | 13/11/12 11h43

    ACHO QUE NÃO TEVE MARACUTAIA!!!!!! O único ponto que não achei bom nesse concurso foi a exclusão dos classificados!!! O cargo que concorri (inspetor de recursos naturais geografia) era uma vaga, e eu tirei 82 e o meu concorrente 84 e o resultado disso foi minha eliminação por não estar no número de vagas. Justo não foi, mas as condições estavam postas no EDITAL.

  • lazaro teles | 13/11/12 11h49

    OBSERVAÇÃO: ACHO QUE FOI UMA MANOBRA A ELIMINAÇÃO DAS PESSOAS QUE FICARAM FORA DO NÚMERO DE VAGAS, POIS NOS CONCURSOS ANTERIORES (EDUCAÇÃO E SAÚDE) FIZERAM PRESSÃO E ELES TIVERAM QUE CHAMAR A MAIORIA DOS CLASSIFICADOS. PORTANTO, CREIO QUE O NÚMERO DE CONTRATOS NO TOCANTINS AINDA SERÁ ALTO!!!!!!!!!!!!!!

  • Francisco de Assis Militante da Silva | 13/11/12 12h09

    Esse concurso tá me cheirando golpe. Tantas vagas e o cadastro reserva bem curtinho. Logo vai chamar todos e ai fica aberta a oportunidade para o siqueirido contratar os cabos eleitorais que ele entender.

  • Manoel Pereira de Santana | 13/11/12 12h20

    Olha os questionamentos são precisos, mas precisamos ler mais os editais dos concursos e isso poderia ter sido questionado na divulgação do edital e no intem 15 trás as condições de eliminação do certame> No item 15.1.5. reza: (será eliminado o candidato que) não estiver classificado até o limite de vagas definido no Anexo I para o cadastro de reserva;

  • Luciana Gomes | 13/11/12 12h24

    Como podem eliminar candidatos aptos a tomar posse? Muitas posses não acontecerão e aí? Colocarão novamente contratados.Novamente não conseguem realizar um concurso.O Senhor Governador esqueceu os príncipios da administração pública definitivamente!

  • ILDEONES AIRES | 13/11/12 12h46

    TEM ALGO MUITO ERRADO NESTE CONCURSO, TIREI 70 PONTOS NO TOTAL E FIQUEI DENTRO DA PORCENTAGEM EXIGIDA DO CONCURSO E NÃO ENTENDI POR QUE FUI ELIMINADO SENDO QUE NOTAS BEM INFERIORES FORAM APROVADOS.

  • palmense2010@hotmail.com | 13/11/12 12h59

    Olá Daniel e Matheus, os nomes que estão no final das listas estão classificados por serem PNEs, que tem prioridade em todos os concursos.Assim mesmo que os candidatos da ampla concorrência tenham notas mais altas, a vaga prioritariamente é dos deficientes.

  • palmense2010@hotmail.com | 13/11/12 13h20

    No Edital está bem claro , só estarão classificados os candidatos aprovados dentro do numero de vagas.

  • Marcos | 13/11/12 13h25

    (copiado do edital do concurso) 15.1.5. não estiver classificado até o limite de vagas definido no Anexo I para o cadastro de reserva;

  • Marcos | 13/11/12 13h26

    (copiado do edital do concurso) 15.1.5. não estiver classificado até o limite de vagas definido no Anexo I para o cadastro de reserva; Grande parte dos contratos irão continuar onde estão isso é uma vergonha.

  • Herbert Machadão | 13/11/12 13h50

    Não gente vocês não estão compreendendo o anexo de classificação! No mesmo não consta detalhadamente os classificados para o ''Quadro Reserva''. Ex: Palmas ofertou 181 vagas para Auxiliar administrativo (Total que inclui os aprovados e classificados para o quadro reserva) e o anexo expos os 181 primeiros colocados. Os nomes que estão expostos abaixo dos 181 primeiro são de pessoas portadoras de deficiência. Espero ter ajudado

  • Rodrigo Borges | 13/11/12 14h02

    Os últimos colocados de alguns cargos são referentes aos PNE. Quem não entedeu pq pessoas foram aprovadas com notas inferiores as suas, provavelmente não atentaram às vagas de portadores de necessidades especiais (PNE) que tem classificação independente dos demais. Por isso que foram aprovados com menores notas.

  • Gustavo Henrique | 13/11/12 14h19

    Daniel leia o EDITAL com atenção... existem vários requisitos.... como exemplo.... as materias precisam tirar no minimo 2 cada....

  • Emerson Lima | 13/11/12 15h04

    Esse concurso ja esta estranho desde a divulgação do gabarito oficial onde no cargo de analista em tecnologia da informação teve 9 questoes anuladas e 6 questões que mudaram a resposta esses erros correspondem 32% da prova é um absurdo. e agora isso pessoas com notas inferiores a outras classificadas.

  • palmense2010@hotmail.com | 13/11/12 15h57

    No Edital está bem claro , só estarão classificados os candidatos aprovados dentro do numero de vagas.

  • Alex Bruno Dutra Mota | 13/11/12 16h40

    eu fiz 62 pontos para administrador teve gente q zerou ou esta com nota inferior a minha com 58 pontos!!! nao tem cabimento!!!! temos q fazer uma macha popular para saida do governador Siquiera Campos!!

  • PATRICIA CARDOSO DA COSTA | 13/11/12 17h00

    o edital diz claramente no item 11.4 que serão eliminados do concurso os candidatos que atingirem menos que 50% da prova e 30% das disciplinas Portugues, conhecimentos gerais, específicas. Ou seja, quem atingiu a nota não pode ser eliminado, deve ser classificado. Que brincadeira é essa? quantas pessoas com notas boas, eliminados por que mesmo? TEM QUE CUMPRIR O QUE ESTÁ NO EDITAL.

  • PATRICIA CARDOSO DA COSTA | 13/11/12 17h00

    o edital diz claramente no item 11.4 que serão eliminados do concurso os candidatos que atingirem menos que 50% da prova e 30% das disciplinas Portugues, conhecimentos gerais, específicas. Ou seja, quem atingiu a nota não pode ser eliminado, deve ser classificado. Que brincadeira é essa? quantas pessoas com notas boas, eliminados por que mesmo? TEM QUE CUMPRIR O QUE ESTÁ NO EDITAL.

  • Youssef Carvalho | 13/11/12 17h06

    É realmente uma tremenda falta de respeito com o povo Tocantinense e demais candidatos, a eliminação de candidatos classificados (acima da média) mostra o grande retrocesso para onde o Estado está caminhando com relação a Igualdade e dignidade. Vamos torce para que está atitude seja repensada, pois ainda a tempo para voltar atrás e beneficiar todas as pessoas que esperam tanto por este concurso.

  • werbeth lima dias | 13/11/12 17h10

    O governo realmente passou a perna nos classificados do QG, no ítem 15.1.5. do edital do concurso sobre a eliminação diz: será eliminado aquele que não estiver classificado até o limite de vagas definido no Anexo I para o cadastro de reserva.Porém afirmo mais uma vez que o quadro reserva não deveria está incluído no total das 6.352 vagas oferecidas, o certo era chamar cinco vezes o nº de candidatos para cada vaga existente.Parece que ninguém observou estes detalhes no edital,lamentável!

  • werbeth lima dias | 13/11/12 17h27

    Cont. Seguindo o raciocínio da manobra feita pelo governo, para não convocar os candidatos aptos dentro do limite de classificação, não é novidade, nós sabemos que a necessidade é bem maior do que se imagina Sr. secretário.Parece que agora eles aprenderam a lição, quanto menos servidores efetivos menor será a dor de cabeça.

  • Emilio | 13/11/12 17h27

    è só vocês verificarem o eidtal. A forma de cálclo utilizada pela AOCP está em desacordo com o eduital, e por isso muita gente não alcançou a média dos conhecimentos gerais. Muito simples. eles estão utilizando para a média dos conhecimentos gerais as notas de informática, raciocínio lógico e conhecimentos gerais, o que está claramente em desacordo com o edital. Se eu fosse um dos prejudicados nem perdia meu tempo entrando com recurso na AOCP, iria direto pra justiça.

  • Manoel Pereira de Santana | 13/11/12 17h40

    Só acho que não adianta ficar postanto que se sentiu lesado, vá cada um em busca de seus direitos, eles estão dando possibilidades de apresentar recursos. Pare de se fazer vítima e vá atrás de seus direitos.

  • Chico do Tocantins | 13/11/12 18h41

    Está claro que a eliminação dos candidatos aprovados fora do número de vagas foi uma manobra silenciosa de mestre para manter os fantasmas, digo, servidores contratados. Agora quem fez o concurso sem ler o edital pecou por inocência e despreparo.

  • Maria Aparecida Lima Batista | 13/11/12 18h50

    É só prestarem atenção, esse concurso está muito estranho. Gente, é marcha popular pra tirar esse cangaceiro, não é justo, eu fiz 72 pontos e não fui classificada. Pode?

  • Lucileia Cunha | 13/11/12 18h54

    Será que o MP não percebeu esse item 15.1.5? Confesso que eu não tinha percebido isso. O MP entrou em ação pra mudar esse edital permitindo que pudesse ocorrer inscrições simultâneas para diferentes cargos desde que houvesse compatibilidade de dias e horários. Esse item 15.1.5. é ilegal? Talvez não seja, senão o MP tinha sugerido alteração. Muita gente passou pra nível superior e nível médio e terão que optar por um cargo. Os candidatos eliminados não terão a chance de ficar na suplência.

  • leonardo mesquita | 13/11/12 19h08

    Pessoal que está insatisfeito... antes de tudo é bom dá uma lida no edital, ele explica tudo.

  • palmense2010@hotmail.com | 13/11/12 22h33

    Antes de fazermos concurso, devemos ler os editais.

  • palmense2010@hotmail.com | 14/11/12 08h57

    O prazo para impugnação do edital já foi, se o MP não fez é por que estava dentro da normalidade e legalidade, agora é o prazo para recurso do resultado da classificação. E dar posse aos classificados que afinal merecem os nossos parabéns, pois tinha quase duzentas mil pessoas concorrendo e só 5.874 alcançaram exito, PARABÈNS ,

  • palmense2010@hotmail.com | 14/11/12 08h58

    Entendo a chateação dos eliminados eu também estou chateado, mas o edital é que dita as regras.

  • JUCILENE O. BRITO | 14/11/12 09h35

    PELAS REGRAS DO EDITAL, PARA NÃO SER ELIMINADO DO CONCURSO O CANDIDATO TEM QUE SE ENQUADRAR NAS SEGUINTES SITUAÇÕES CITADAS NO Subitem 11.4:

  • edilene gomes dos santos | 14/11/12 09h44

    tambem concordo com a maioria,se voce atingiu 50% do total,30% de portugues e conhecimentos e não zero em nenhuma outra materia deveria ser classificado e não eliminado,mesmo nao estando dentro do numero de vagas,não deixa de ser uma esperança...aqui na minha cidade só tem um no cadastro reserva,nunca vi isso,esperava outro desfecho,estou decepcionada...

  • werbeth lima dias | 14/11/12 11h43

    Se o objetivo do governo era não chamar os classificados, ele conseguiu fazendo essas restrições absurdas no edital.Agora resta saber até que ponto isto é legal e se nesta altura do campeonato ainda é possível rever judicialmente essa questão.

  • MARILZA MOTA | 14/11/12 12h02

    Pessoal é o seguinte, precisamos nos movimentar quanto o resultado do concurso SECAD-TO publicado no último dia 12/11, onde foi divulgado uma lista com os aprovados no concurso e outra com os demais, não importando a nota, todos dessa segunda lista foram eliminados do concurso, dessa forma, tirou qualquer chance dos demais serem chamados, mesmo quem tirou 74 (exemplo) e sabemos que somente os aprovados mesmo com cadastro de reserva não supre a necessidade,

  • Pedro Melo | 14/11/12 12h02

    E vergonhoso um concurso que não da a classificação das pessoas que atingiram a nota superior ao exigido pelo edital, sendo que o concurso tem sua validade, e durante a validade pode ir chamando os classificados conforme a necessidade do estado. REALMENTE E VERGONHOSO.

  • JUCILENE O. BRITO | 14/11/12 12h39

    HÁ UMA DIVERGENCIA ENTRE DOIS SUBITEM DO EDITAL O 15.1.5. QUE DIZ: Será eliminado o candidato que: não estiver classificado até o limite de vagas definido no Anexo I para o cadastro de reserva, ENQUANTO O SUBITEM 11.4 DIZ: QUE SE O CANDIDATO ALCANÇAR A PORCETAGEM DE ACERTO EM TODAS AS SITUAÇÕES, Ou seja, quem atingiu a nota não pode ser eliminado, deve ser classificado. Que brincadeira é essa?

  • Dimar Crisostomo Barbosa | 14/11/12 13h50

    Ola eu gostaria de saber como vai ficar, pois teve varias pessoas que fizeram duas inscrições e passaram, agora vai tomar posse em um como o concurso considera todo mundo que ficou de fora das vagas como eliminado,agredito eu na vaga que vai ficar ociosa vai chamar o reserva, e no lugar do cadastro reserva vai ficar sem uma vez que agora considera os demais todos eliminados.

  • werbeth lima dias | 14/11/12 15h30

    A intenção do governo é claro, muitas localidades o concurso ofereceu apenas uma vaga sem cadastro reserva e caso alguém por algum motivo não assumir , não haverá classificado para ser convocado preservando, assim o comissionado permanecerá ocupando a vaga de um efetivo em descumprimento da lei. Antes que isso aconteça, manifesto aqui a convacação coletiva, para que acionemos o MP.

  • werbeth lima dias | 14/11/12 15h45

    Palmense2010, qual é a sua cara! Ou está postando a mando do governo do Estado? Não tem nada para ajudar, fica calado bicho. Quem vai dar a palavra final é a justiça!

  • MARILZA MOTA | 14/11/12 16h18

    HOJE Reunião da assembleia no GPS concursos na sala 2 às 19:30 Confirme a presença. Precisamos nos unir para mudar esse resultado! quem vai confirma aqui

  • MARILZA MOTA | 14/11/12 17h04

    São 14.400 contratos temporários no governo estadual e vão chamar so 6mil e pouco e aí ficamos como??

  • palmense2010@hotmail.com | 14/11/12 17h41

    Eu entendo a sua chateação Werbert, também estou chateado concordo que tem que haver um numero de classificados para as vagas que surgirem depois , pelo mens 3 vezes o numero de vagas, mas como não li o edital. Uma coisa é certa estou sempre do lado da Justiça.

  • Lucileia Cunha | 14/11/12 18h24

    Meu Deus, tomara que o concurso não seja anulado!!!! Abraços!!!!

  • Lucileia Cunha | 14/11/12 18h47

    O edital prevê duas situações. Será eliminado o candidato que 15.14 não atingir nas provas a pontuação mínima p/ ser considerado classificado/aprovado. 15.1.5 não estiver classificado até o limite de vagas definido no anexo 1 do cadastro reserva. NÃO EXISTE CONTRADIÇÃO. LEIAM O EDITAL.

  • Paulo | 14/11/12 19h12

    Convido a todos a comparecerem na sede da Defensoria Pública em Palmas na segunda-feira dia 19/11/2012, para que sejam tomadas as devidas providências. Tendo em vista que no edital passado eram previstos que os candidatos ficariam classificados, se até reabriram inscrições por causa do edital passado temos chances de revertermos essa situação!

  • Lucileia Cunha | 14/11/12 19h26

    Retificando o que eu disse: o edital prevê 7 (sete) situações distintas de eliminação. E os itens 15.1.4 e 15.1.5 estão entre elas. O edital é muito claro. O edital faz lei entre as partes, assim como um contrato.

  • Nina Soares | 14/11/12 20h11

    Segue abaixo reclamação apresentada ao Ministério Público Estadual do Tocantins, referente ao Concurso do Estado. No subitem 15.1.5 do edital (que ELIMINA do concurso o candidato que não for classificado dentro das vagas previstas para cadastro de reserva) a SECAD impôs ao administrado uma restrição para acessar um cargo público sem previsão legal, uma vez que não existe lei, e tampouco norma regulamentar que trata de cadastro de reserva em concurso público no Tocantins. Diametralmente oposto,

  • Nina Soares | 14/11/12 21h47

    Dessa forma, fica transparente, que o subitem 15.1.5 do edital do concurso SECAD 2012, que considera ELIMINADO todos os candidatos classificados fora do número de vagas disponíveis para cadastro de reserva, viola os direitos constitucionais dos cidadãos, fere os princípios da administração pública brasileira e burla o instituto do concurso público.

  • palmense2010@hotmail.com | 14/11/12 22h22

    Fique tranquila Lucélia, não existe motivo para anulação do concurso, além disso você que foi classificada também tem o seu direito garantido.

  • ROSANGELA DE ALMEIDA | 21/11/12 10h27

    COMO , SE JUNTAR AO MOVIMENTO?????

  • Paulo | 23/11/12 14h27

    Quem quiser se juntar ao movimento, estamos nos organizando nesse grupo do Facebook:

  • Paulo | 23/11/12 14h27

    http://www.facebook.com/groups/147753475364379/

  • Cícero Brandão | 16/02/13 23h31

    alguém sabe de o MP não vai fazer mais nada para a convocação do cadastro de reserva?

  • marcos antonio da silva | 03/08/13 19h09

    Vai haver segunda chamada pois tive uma boa classificação num entanto só havia uma vaga,fui segundo colocado.Me mantenha informado por favor.

  • ROSILENE SOUZA | 04/09/13 12h12

    fiquei com media geral 78, no ensino fundamental, tenho chace de ser convocada?

2005 - 2014 © CleberToledo.com.br
Todos os direitos reservados.
Redação: Palmas, Tocantins, BR,
+55 (63) 9214-5317 (Polícia/Estado)
+55 (63) 9216-9026 (Política)
redacao@clebertoledo.com.br